21.8 C
São Paulo
sábado, dezembro 4, 2021

Rapaz morto pela PM no Rio é o mesmo do fuzil?

- Publicidade -

Será verdade que o adolescente morto a tiros pela Polícia Militar do Rio de Janeiro é o mesmo bandido que apareceu na garupa de uma moto segurando um fuzil?

A imagem começou a se espalhar através do Facebook e do WhatsApp na primeira semana de outubro de 2015 e mostra o menor Eduardo Felipe Santos Victor empunhando um fuzil, na garupa de uma motocicleta.

O rapaz, que foi morto no dia 29 de setembro de 2015 por policiais militares no Rio de Janeiro que tentaram alterar a cena do crime – , parece ter sido flagrado dias antes na garupa de uma moto, empunhando um fuzil e trocando tiros com a polícia!

A fotografia, acompanhada de um texto que dá a entender que o rapaz teve o que mereceu, fez um enorme barulho nas redes sociais, sendo compartilhadas centenas de milhares de vezes. A mensagem dizia:

“Esse na garupa é o ADOLESCENTE que a PMRJ forjou a troca de tiro, esse é o INOCENTE QUE A SOCIEDADE ESTÁ DEFENDENDO. A SOCIEDADE TEM A POLÍCIA QUE MERECE!”

Será que o adolescente que morreu é o mesmo que aparece na foto trocando tiros de fuzil com a polícia?

Será que essa história é verdadeira ou falsa?     

Bandido com o fuzil teria sido o mesmo que foi morto pela Polícia no Rio de Janeiro! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)
Bandido com o fuzil teria sido o mesmo que foi morto pela Polícia no Rio de Janeiro! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

A notícia foi analisada pelos sempre alertas membros do nosso grupo no Facebook e o nosso leitor e amigo Thiago Lucas fez o excelente trabalho de separar as coisas.

Abaixo, fotos comparando as duas pessoas:

eduardo_real

- Publicidade -

O bandido que aparece na foto segurando um fuzil é um traficante cuja foto foi tirada de uma reportagem da chamada “Esquina do Medo”, feita em 2010 (lembrando que, em 2010, Eduardo tinha apenas 12 anos).

Podemos ver na reportagem abaixo, o momento em que esse frame foi tirado (os 23 segundos):

 

Foto recorrente

A mesma foto foi utilizada em 2012 pelo jornal Extra, em uma reportagem sobre a ocupação das forças de segurança da polícia do Rio de Janeiro nas principais favelas cariocas.

Conclusão

Eduardo Felipe dos Santos Victor tinha 17 anos era envolvido com o tráfico de drogas, mas o rapaz que aparece na garupa de uma moto segurando um fuzil é outra pessoa.

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

23 COMENTÁRIOS

  1. Não sei não…. a policia pode estar errada em algum ponto, mas sou encapas de defender um traficante, bandido ,etc. E esta provado que o sujeito era do trafego, amanhã ou depois ele podia estar oferecendo droga para alguém de minha família, amigos, filhos.

    • Entendo o seu ponto de vista e concordo em partes, mas pelo que eu sei e de acordo com a testemunha que gravou o vídeo, o rapaz já tinha sido rendido e desarmado, se é que estava armado realmente pois a testemunha só começou a gravar depois que o rapaz foi morto.

      Aconteceu algo semelhante em outro caso de um suspeito de roubar uma moto, que mostra toda ação da polícia. Onde o suposto bandido se entrega sem resistência nenhuma, é algemado, depois é solto das algemas, toma dois tiros morrendo na hora, e um policial planta uma arma na mão dele.

      Concordo em não defender bandidos, mas no momento que o bandido se entrega, é rendido, tem que levar pra delegacia e ser julgado. Pois se taparmos os olhos e começarmos a aplaudir esse tipo de atitude da polícia, logo vai estar morrendo gente inocente em que o policial na hora decidiu que ele deveria de receber pena de morte sem julgamento.

      E contrariando um pouco o que eu acabei de dizer, hehehehe. Se o policial ta enfrentando um bandido armado que não se rende e ta trocando tiros, AI CONCORDO EM QUE O POLICIAL TEM DE ATIRAR PRA MATAR NA CABEÇA E SEM PERDÃO. hehehehehe

        • entendo você mas creio que você me entenderá também.

          Se uma pessoa tem uma arma na mão matando/ameaçando pessoas e trocando tiro com a polícia. Tem que morrer na hora com tiro na cabeça sem perdão.

          Mas uma pessoa, desarmada, sem oferecer resistência, ser abordada e morta pela “POLICIA” e depois alterar a cena do crime eu não considero “JUSTIÇA”. Principalmente quando existem muitos “POLICIAIS” corruptos e bandidos.

          Um policial matando uma pessoa desarmada e rendida ele já estará JULGANDO.

          Não estou aqui defendendo bandidos, mas tenho medo de que esse tipo de reação policial, e até mesmo reações da própria comunidade acabarem matando pessoas inocentes por acharem que podem JULGAR de forma mais justa do que os Juízes e tribunais.

          lembrar do caso abaixo:

          http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2014/05/mulher-morta-apos-boato-em-rede-social-e-enterrada-nao-vou-aguentar.html

          Repito: Se o suposto bandido ta armado oferecendo risco pra outras pessoas ou trocando tiro com a polícia, tem que meter uma bala na cabeça mesmo. Mas se a policia aborda uma pessoa desarmada, que não oferece resistência, tem que ser levado preso.

  2. Eu sei que não tem muito a ver com o post, mas:

    1 – Há hoje um sentimento de animosidade geral quanto a raça humana. É só notar a quantidade de postagens e blogs que depreciam o homem (espécie) nos colocando como agentes de destruição do planeta; quase como uma praga ou um vírus (parafraseando o agente Smith);

    2 – Há um consenso referente a superpopulação, inclusive já afirmam alguns que chegamos no limite de usufruto dos recursos naturais:

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2013/08/20/interna_ciencia_saude,383355/limite-de-uso-anual-dos-recursos-naturais-no-mundo-ja-foi-alcancado.shtml

    3 – A teoria da conspiração nos diz que a população mundial deve ser mantida em 500 milhões de habitantes (a já badalada pedra da Geórgia):

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Pedras_guia_da_Ge%C3%B3rgia

    4 – A teoria da conspiração nos diz que o projeto Haarp é capaz de proporcionar catástrofes naturais:

    http://www.tecmundo.com.br/tecnologia-militar/8018-haarp-o-projeto-militar-dos-eua-que-pode-ser-uma-arma-geofisica.htm

    E pra finazalizar:

    5 – Me soltam uma reportagem destas:

    “Tsunami gigantesco e devastador pode destruir parte da Terra, dizem especialistas”

    https://br.noticias.yahoo.com/blogs/super-incr%C3%ADvel/tsunami-gigantesco-e-devastador-pode-destruir-parte-da-terra–dizem-especialistas-150202717.html

    Assim… do nada… um grupo de cientistas começa a afirmar que um evento improvável pode se repetir… leiam o texto.

    • Com relação a população mundial eu concordo com os artigos de que o Planeta já se encontra no seu limite. Principalmente em relação a distribuição demográfica e da desigualdade de alocação dos recursos.

      Mas contrariando a “pedra da Geórgia”, o Planeta comportaria tranquilamente bem mais do que os 500 Mi Hab. sugeridos por ela. Eu acredito que o planeta se auto sustentaria tranquilamente com um limite de 4 Bi Hab. como era até a década de 70. Atualmente passamos dos 7 Bi Hab.

      Em relação ao Projeto HAARP e seus efeitos no Planeta é somente uma teoria conspiratória de quem não tem o que fazer.

      E o Tsunami devastador eu acho que é possível mas muito improvável, alguns pesquisadores afirmam que foi devido a um longo e intenso período de atividades vulcânicas no planeta como sendo a causa responsável pela extinção dos dinossauros, e não devido a queda de um mega meteoro. Acredito que uma nova atividade vulcânica como essa poderia acontecer novamente, mas é muito improvável que isto aconteça.

      E peço desculpas caso eu tenha lhe ofendido gramaticalmente. Fica com Deus.

      Agora vou trabalhar que meu horário de almoço acabou. 🙂

      • Moço Jessé, o comentário da gramática foi para Fábio e não para você (ele escreveu “encapas” ao invés de “incapaz” dentre outras coisas.)

        Só reiterando: Sou satanista do bem.

          • Olha só, é difícil ver alguém como tu que reconhece o erro, normalmente as pessoas ficam bravas qdo alguém corrige, e essas pessoas vão errar sempre, em tds os sentidos, mas tu deu exemplo agora de humildade que não me contive, continue assim para contaminar outros que acham besteira escrever a nossa língua corretamente, eheh só quis dizer!

  3. Cara, ainda bem que não tenho WhatsApp. A quantidade de mentiras, correntes, hoax e baboseiras que vejo compartilhada é gigantesca, certamente supera (e muito!) os benefícios do aplicativo. E pra falar com os outros quando quiser ainda tenho a boa e velha mensagem de texto…

  4. Análise perfeita. Quando vi essa notícia pelo Facebook, também fiquei em dúvida, as pessoas gostam de acreditar em especulações e cada asneira li junto com o compartilhamento da notícia falsa! Meu deus … Obrigado e-farsas, compartilhando imediatamente esse belo artigo.

  5. porque serar que quando um policial mata alguem, muitas pessoas se revolta e a rede globo faz questão de mostrar varias vezes,e quando um policial e morto ninguem se emporta e a rede globo quais nem mostra? sei que tem muitos policiais corrupto mas a maiorias são bons policiais,e precisa ter o apoio da comunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui