Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Brasileiro manda carta de apoio a nazistas e recebe “não aceitamos latinos”

Crimes

Brasileiro manda carta de apoio a nazistas e recebe “não aceitamos latinos”

Notícia afirma que brasileiro que possui uma suástica na sua piscina enviou uma carta de apoio aos nazistas e recebeu um “não aceitamos latinos favelados”! Será verdade?

A notícia apareceu em diversos sites e blogs, além de ser amplamente divulgada nas redes sociais, no começo de janeiro de 2015. De acordo com o texto, a policia estava investigando o caso de uma piscina com um símbolo nazista, em Santa Catarina, e acabaram encontrando cartas de apoio enviadas a organização nazista na Alemanha.

O dono das cartas é um professor de história. E a resposta dos nazistas, segundo o texto, foi: “Não aceitamos latinos, são todos farinha do mesmo saco… um bando de pretos favelados”!

Será que essa história é real?

Professor de história teria enviado cartas aos nazistas, mas foi rejeitado por ser latino! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Professor de história teria enviado cartas aos nazistas, mas foi rejeitado por ser latino! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

 

Verdade ou farsa?

No dia 02 de dezembro de 2014, um helicóptero da Polícia Civil sobrevoou algumas residências na região da cidade de Pomerode (em Santa Catarina) – à procura do cativeiro de um sequestro ocorrido dias antes nas proximidades – quando um dos tripulantes viu o símbolo nazista no fundo de uma piscina.

Conforme explicado nessa reportagem do Portal R7, apesar de apologia ao nazismo ser considerado crime desde 1997 aqui no Brasil, a polícia da região já avaliou o caso e afirmou que o dono da casa não vai ser enquadrado, pois como a piscina fica dentro da residência, não se  caracterizou o crime.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Essa é a parte real da história e gerou muita polêmica na web. O dono da residência – um professor de história – já teve sua coleção de itens relacionados à Hitler apreendida pela polícia, em 1994 e, na época, se declarou admirador da ideologia nazista, mas defendeu que tudo fazia parte de uma coleção pessoal destinada a estudo (como dissemos, a apologia ao nazismo só virou crime no Brasil a partir de 1997).

Quanto à essa parte da notícia que diz que o professor de história teria enviado uma carta ao grupo de nazistas alemães e foi rejeitado por eles, não encontramos nenhuma fonte confiável que confirme isso!

Nenhum jornal de grande circulação ou nenhum outro veículo de comunicação divulgou nada a respeito.

Uma busca pela web e encontramos apenas sites e blogs que copiaram a mesma notícia que parece ter sido publicada inicialmente pelo Portal Metrópole.

O Metrópole não cita nenhuma fonte e também não mostra nenhuma prova de que teve acesso a essa carta ou a resposta dela!

Boato antigo

Conforme bem observado pelo amigo André Carvalho, do blog Ceticismo, esse é um boato bem antigo e recorrente na web. Encontramos várias publicações bem antigas iguaizinhas a essa, só mudando os personagens do boato. Um exemplo é essa publicação feita num fórum de games do UOL, em 2012.

Conclusão

A notícia mistura fatos com boatos. Em dezembro de 2014 foi descoberta uma piscina com uma suástica em uma residência no estado de Santa Catarina. A Polícia arquivou o caso, pois como o símbolo fica em uma área privada, não se caracteriza crime. Quanto ao trecho da notícia afirmando que o dono da piscina enviou uma carta aos nazistas e foi rejeitado por eles, (apesar de haver grupos de neonazistas na Alemanha e em outras partes do mundo) não há nenhuma comprovação de que isso seja verdade!  

Continue lendo
23 Comentários

23 Comments

  1. Tadisson

    6 de janeiro de 2015 em 11:22

    Interessante essa notícia Gilmar, você faz um grande trabalho no site, agora, será que existe um caixão em marte, a qual todos estão falando agora? Desvenda aí, flw.

  2. Higor Robetti

    6 de janeiro de 2015 em 11:40

    O nazismo é ainda uma mancha da história que nunca será apagada e toda apologia a ele deve ser coibida e condenada, mas…

    O comunismo matou muito mais do que o nazismo, porém “ser comunista”, usar camisetas, idolatrar figuras vermelhas, ter partidos e etc não é crime, é considerado por muitos normal…

    Vai entender a hipocrisia que vivemos, onde os campos de concentração eram terríveis, desumanos (realmente eram), porém os gulags não… aliás, o que é gulag mesmo?

    • Marcos A.

      7 de janeiro de 2015 em 11:39

      Concordo com você, até temos um partido com a foice e o martelo em sua bandeira vermelha. Sou favorável a criminalizar a apologia ao nazismo, mas o mesmo deveria ser feito com o comunismo.

    • Ana

      7 de janeiro de 2015 em 22:35

      Higor, pela lógica terá que se proibir qualquer apologia ao capitalismo também, que escraviza e mata. As religiões que matam até hoje e espalham preconceito e ignorância. Proibir o funk que na maioria das vezes incentiva o crime e faz apologia ao machismo. Esse era muito bom proibir! kkkkk Mas falando sério, comunismo é uma forma de ver a economia, principalmente, uma oposição ao capitalismo. E até onde sei, a ideia do comunismo é a ausência do estado, então, mais certo era chamar estes regimes que existem ou já existiram de socialistas. Além do mais, pelo menos aqui no Brasil, comunistas ou socialistas e simpatizantes lutam contra o preconceito racial, preconceito contra gays, machismo, repudiam o preconceito contra nordestinos,são a favor dos direitos humanos, etc. Já os neonazistas propagam a superioridade da raça branca diante das demais, incentiva a violência, o preconceito contra todos os grupos citados a pouco e vez ou outra agridem e matam pessoas. Não acho isso muito nobre. Também vale lembrar que o governo russo tinha caráter expansionista, por isso matou tanto. Invadiu vários países, as pessoas tentaram reagir, obviamente. Mas invadir países, conquistar novas terras não é coisa criada com o comunismo, isso acontece há séculos. E se não me engano até a Igreja Católica travou guerras com objetivo de conquistar mais territórios. Mas vou dar uma pesquisa só para confirmar!

      • Kamal Malik

        8 de fevereiro de 2015 em 2:50

        Dá pra ver que a Ana é uma simpatizante da ideologia doentia de Marx. Além de disseminar mentiras e usar da desonestidade para relatar acontecimentos. O único erro do Nacional Socialismo foi de não ter exterminado essa ideologia monstruosa do Marx.

        • Máq

          7 de março de 2015 em 13:51

          Então a religião nunca matou, nem nunca propagou nada de ruim, certo? Assim como os regimes capitalistas são todos bonzinhos, certo?

          Não é porque o quintal do vizinho é sujo, que o seu também não pode estar.

          Mas, no fim, não adianta. Você vai me chamar de adorador de Marx e fanboy do Che Guevara.

        • Vinícius

          28 de julho de 2015 em 21:15

          Dá pra ver que Kamal Malik não conhece nada de história, menos ainda de Marx e não tem nenhum argumento além do bom e velho argumentum ad hominem que, na ausência de qualquer embasamento para a crítica do conteúdo, tenta criticar, de forma sofrível, o autor, no caso, a Ana. Se tivesse lido a obra de Marx saberia que o regime de exceção praticado pelo Stalinismo não consta da teoria Marxista e realmente foi tão execrável quanto o nazismo. E se estudasse um pouco de história saberia que regimes autoritários e de exceção, foram e são possíveis em qualquer espectro ideológico: isso vai depender do encaminhamento político dado no momento. As ditaduras militares na América Latina, por exemplo, nada tinham com o comunismo, pelo contrário, foram amplamente apoiadas e financiadas pelo governo dos EUA.

  3. dudu

    7 de janeiro de 2015 em 8:26

    Nazismo = Comunismo = Fascismo, que geraram um filho bastardo chamado Socialismo Bolivariano, então, é claro que nazistas aceitam latinos, pergunta pro Maduro, pro Lulla, pra Dilma, pro Correa, pro Evo, pro Fidel, pro Lugo, pra Brechet, pra Kirschner, pro Rui Falcão, pro Zé dirceu, pro Gilberto Carvalho, pro Berzoini, pro Mercadante, pro Sarney, pro FHC, pro color…

    • Marcia Weiss

      28 de janeiro de 2015 em 20:09

      Os nazistas desprezavam os latinos. Vá estudar mais, assim você escreve menos bobagem

      • Kamal Malik

        8 de fevereiro de 2015 em 2:52

        “Vá estudar mais”; Esse é o seu argumento? Não sei o que é pior, essas comparações ridículas que o cara fez, ou esse argumento vazio da marcia.

      • dani kovacs

        16 de março de 2015 em 9:46

        Nao desprezavam nao. Eles desprezavam miscigenados. Que eh o que somos. Italianos, sao latinos, espanhois sao latinos assim como romenos e portugueses, que se vc estudar um pouquinho, nao foram desprezados por nazistas

  4. Nicolau

    10 de janeiro de 2015 em 18:43

    No Brasil só os Racistas Judeus não se casam com negros!

    • Vicente Adolfi

      24 de setembro de 2015 em 1:14

      OVocê diz isso porque não conhece o sul do Brasil. Via de regra os alemães daqui são provavelmente ainda piores e mais exclusivistas do que os judeus. Também japoneses e italianos (aqui no sul ao menos) tendem a ser racistas sim.

    • jacó yankelbroit

      7 de setembro de 2016 em 10:53

      sou judeu sim,
      e casado com uma NEGRA! meu filho é mulato, de olho azul – qual é o problema, seu otário?

    • jacó yankelbroit

      7 de setembro de 2016 em 10:57

      …e por acaso, Sr. Nicolau – caso for branco, é casado com uma negra? quantos brasileiros como o sr. aceitariam casar-se com uma pessoa negra?

  5. Raul

    4 de fevereiro de 2015 em 11:54

    Já ouvi essa história há um tempão. Só sei que seria fantástico se acontecesse de verdade. Claro que o grupo neonazista alemão teria que ter sua lição algum dia, mas pelo menos o brasileiro teria sua lição do dia.

    E quer dizer que, se eu mato alguém na minha casa, não é crime? Porque se apologia ao nazismo na própria casa não é crime…

    • Kamal Malik

      8 de fevereiro de 2015 em 2:57

      Seu ódio pelo Nacional Socialismo te deixou cego e analfabeto. Leia o artigo: §1º – Fabricar, comercializar, distribuir ou veicular, símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo. Pena – reclusão de dois a cinco anos e multa”. –para fins de divulgação do nazismo.– Logo, só caracteriza crime divulgar.

  6. dani kovacs

    16 de março de 2015 em 9:47

    Nao desprezavam nao. Eles desprezavam miscigenados. Que eh o que somos. Italianos, sao latinos, espanhois sao latinos assim como romenos e portugueses, que se vc estudar um pouquinho, nao foram desprezados por nazistas

    • Walmir

      1 de abril de 2015 em 0:03

      Não entendi seu comentário. Hitler desprezava qualquer povo que não fosse o imaginário povo da raça Arina Parte da Itália foi invadida por Mouros (de pele negra) que tomaram as mulheres Italianas e geraram descenedentes, existe uma parte da Itália onde as pessoas têm cabelos e pele mais escuras, Italianos são miscigenados, aliás, não existe raça pura em nenhuma parte do mundo, aliás, nem existem raças entre os seres humanos. A questão de Hitler, não tinha nada a ver com miscigenação,pois toda a Alemanha é miscigenada, apesar de fenótipos parecidos, eu realmente não entendi seu comentário. Os Alemães desprezavam qualquer um que não fosse ‘Ariano”aliás os judeus são prova disto, existiam muitos judeus louros de olhos azuis e com a pele muito clara, mas Hitler odiava qualquer um que não fosse ariano, até inventou testes para que oficiais Nazistas não se casassem com judias, ou seja, a coisa não tinha a ver muito com a cor da pele, se fosse branca de neve, mas fosse judia, era inimiga.

  7. Walmir

    31 de março de 2015 em 23:58

    Eu acho que nem é necessário falar muito sobre isto, nos ideais Nazista existia a ideia equivocada de raça pura, que nunca existiu, a tal raça Ariana sempre foi uma ficção, no entanto, latinos não se encaixam na descrição de superioridade, o racismo Alemão na época do Nazismo era contra qualquer pessoa que não tivesse ascendência ariana e é por isto que não faz nenhum sentido um latino ser a favor de causa Nazista, primeiramente porque a raça Ariana nem existe, o povo Alemão é a miscigenação de diversas aldeias, e na verdade nem o conceito de raça entre o seres humanos é aceito pela Ciência.

    Se é verdade ou não a carta, isto não importa pois o ideal Nazista não aceitaria latinos, aliás a carta nem seria improvável, Hittler não só detestava judeus, detestava qualquer um que não tivesse as características de um povo imaginário que ele idolatrava

    • Vicente Adolfi

      24 de setembro de 2015 em 1:19

      Walvir concordo com você. Mas a cidade de Pomerode em santa Catarina é formada quase que exclusivamente por descendentes de alemães e austríacos que passariam desapercebidos numa aldeia da Áustria. Mas não que os neo nazistas soubesessem disso (ou sequer que exista Pomerode kkk)

  8. Jps

    4 de outubro de 2016 em 21:18

    O problema do Brasil e o fato de que todo o brasileiro por mais desinformado que seja se intitula professor. Não entendem nada de história, não sabem diferenciar forma de governo de regime e assim vão falando inverdades apenas por ouvirem falar em tal emissora, em determinado blogue, etc. Existem várias afirmações sobre: sou contra o comunismo descrevendo na verdade o socialismo como se comunismo e o socialismo fosse a mesma. Acreditam defender a democracia posicionando-se a favor do capitalismo e do neoliberalismo mas terminam a partir de suas afirmações serem simpatizantes do anarquismo ou da ditadura pois defendem as normas que unica e exclusivamente os beneficiam, as demais devem ser suprimidas e desconsideradas. Kkk. Dizem coisas que Marx jamais imaginou falar e defendem as ações de Hitler como sendo um candidato ao prêmio Nobel da paz. Ora, formam na verdade um verdadeiro balaio de gatos nas suas afirmacoes. Por acaso sabem realmente a diferença entre: socialismo x comunismo x capitalismo, liberalismo, neoliberalismo? democracia x ditadura x nazismo x neo nazismo x social democracia? Parlamentarismo, presidencialismo e monarquia? Sabem a diferenca entre o stalinismo eo marxismo? Sabem em que regime o Brasil vive? Sabem sequer que os livros de historia feitos de papel servem para serem folheados, lidos e anotadas as observações importantes? Sabem quais sao as observacoes importantes?Sabem quem foi e quem escreveu “O Diario de Anne Frank”? Assistiram ao menos os filmes: “A vida é bela”, ” a lista de schindler”? “O Menino do Pijama listrado”? E sobre o que eles tratam? Estudaram o papel Da URSS (Uniao das Republicas Socialistas Sovieticas), os atuais paises do leste europeu, para o término da segunda guerra mundial? O que o nazismo considerava como sendo a raça “ariana”? A relacao existente entre a raca ariana defendida por hitler e o sistema himunologico humano comprova realmente que a raca ariana e superior aos miscigenados em relação aos agentes patogênicos atuais e da época? Fatores desconhecidos por hittlher e que os neonazistas não levam em consideração nas suas teses? Miscigenacao essa e resistencia da qual nos os brasileiros somos os principais representantes? Se ao menos isso não foi estudado ou ao menos visto fica difícil manter qualquer debate sobre o assunto.

  9. José Alves da Silva

    11 de dezembro de 2016 em 14:53

    Boa tarde, senhores. Sou negro e resido em Salvador/BA. Desejo lhes fazer uma pergunta. o que realmente induz um ser humano se sentir superior ao outro? É a cor da pele, o status social, a genética, o dinheiro, a inteligência ou qualquer outro fator conhecido? Qual a ciência que pode explicar a origem do ser humano em sua essência como a Biologia? Ela explica que o DNA, genes, cromatina, Rna ou qualquer outro elemento irrefutavelmente estabelece esse paradoxo de superioridade ou inferioridade? Hitler e seus aliados nazista eram pessoas bem instruídas pelo critério científico? Os coitados dos neonazistas também são bem instruídos? Existem entre animais de mesma espécie a superioridade racial? Pelo amor de Deus. Será que é tão difícil entender o universo interior e exterior do ser humano (o que os babacas nazistas e neonazistas não conseguiram e nem conseguem entender para pregar a morte de pessoas que nem ao menos conhecem o ser)? Quem é discriminado por ser negro, judeu ou miscigenado, se bem informado, não se entristecerá por causa da sua realidade biológica, até porque não pode e nem faz sentido mudar, mas por contemplar a imbecilidade na vida de muitas pessoas que tanto defendem ser superiores e que devem maltratar os que ojerizam por critérios estabelecidos que são cientificamente in
    comprováveis. Quem é bom ou ruim é por causa do caráter, não da genética. O bem e o mal estão em qualquer lugar deste mundo.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo