Rapaz morto pela PM no Rio é o mesmo do fuzil?

Share Button

Será verdade que o adolescente morto a tiros pela Polícia Militar do Rio de Janeiro é o mesmo bandido que apareceu na garupa de uma moto segurando um fuzil?

A imagem começou a se espalhar através do Facebook e do WhatsApp na primeira semana de outubro de 2015 e mostra o menor Eduardo Felipe Santos Victor empunhando um fuzil, na garupa de uma motocicleta.

O rapaz, que foi morto no dia 29 de setembro de 2015 por policiais militares no Rio de Janeiro que tentaram alterar a cena do crime – , parece ter sido flagrado dias antes na garupa de uma moto, empunhando um fuzil e trocando tiros com a polícia!

A fotografia, acompanhada de um texto que dá a entender que o rapaz teve o que mereceu, fez um enorme barulho nas redes sociais, sendo compartilhadas centenas de milhares de vezes. A mensagem dizia:

“Esse na garupa é o ADOLESCENTE que a PMRJ forjou a troca de tiro, esse é o INOCENTE QUE A SOCIEDADE ESTÁ DEFENDENDO. A SOCIEDADE TEM A POLÍCIA QUE MERECE!”

Será que o adolescente que morreu é o mesmo que aparece na foto trocando tiros de fuzil com a polícia?

Será que essa história é verdadeira ou falsa?     

Bandido com o fuzil teria sido o mesmo que foi morto pela Polícia no Rio de Janeiro! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Bandido com o fuzil teria sido o mesmo que foi morto pela Polícia no Rio de Janeiro! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Envie suas dúvidas e sugestões de pauta através do nosso WhatsApp pelo número (11) 96075-5663!

A notícia foi analisada pelos sempre alertas membros do nosso grupo no Facebook e o nosso leitor e amigo Thiago Lucas fez o excelente trabalho de separar as coisas.

Abaixo, fotos comparando as duas pessoas:

eduardo_real

O bandido que aparece na foto segurando um fuzil é um traficante cuja foto foi tirada de uma reportagem da chamada “Esquina do Medo”, feita em 2010 (lembrando que, em 2010, Eduardo tinha apenas 12 anos).

Podemos ver na reportagem abaixo, o momento em que esse frame foi tirado (os 23 segundos):

 

Foto recorrente

A mesma foto foi utilizada em 2012 pelo jornal Extra, em uma reportagem sobre a ocupação das forças de segurança da polícia do Rio de Janeiro nas principais favelas cariocas.

Conclusão

Eduardo Felipe dos Santos Victor tinha 17 anos era envolvido com o tráfico de drogas, mas o rapaz que aparece na garupa de uma moto segurando um fuzil é outra pessoa.

Share Button
Crimes, Falso
, , , , , , , , , , ,

Comente pelo Facebook

22 comentários

  1. Fabio

    Não sei não…. a policia pode estar errada em algum ponto, mas sou encapas de defender um traficante, bandido ,etc. E esta provado que o sujeito era do trafego, amanhã ou depois ele podia estar oferecendo droga para alguém de minha família, amigos, filhos.

    • JESSÉ

      Entendo o seu ponto de vista e concordo em partes, mas pelo que eu sei e de acordo com a testemunha que gravou o vídeo, o rapaz já tinha sido rendido e desarmado, se é que estava armado realmente pois a testemunha só começou a gravar depois que o rapaz foi morto.

      Aconteceu algo semelhante em outro caso de um suspeito de roubar uma moto, que mostra toda ação da polícia. Onde o suposto bandido se entrega sem resistência nenhuma, é algemado, depois é solto das algemas, toma dois tiros morrendo na hora, e um policial planta uma arma na mão dele.

      Concordo em não defender bandidos, mas no momento que o bandido se entrega, é rendido, tem que levar pra delegacia e ser julgado. Pois se taparmos os olhos e começarmos a aplaudir esse tipo de atitude da polícia, logo vai estar morrendo gente inocente em que o policial na hora decidiu que ele deveria de receber pena de morte sem julgamento.

      E contrariando um pouco o que eu acabei de dizer, hehehehe. Se o policial ta enfrentando um bandido armado que não se rende e ta trocando tiros, AI CONCORDO EM QUE O POLICIAL TEM DE ATIRAR PRA MATAR NA CABEÇA E SEM PERDÃO. hehehehehe

        • JESSÉ

          entendo você mas creio que você me entenderá também.

          Se uma pessoa tem uma arma na mão matando/ameaçando pessoas e trocando tiro com a polícia. Tem que morrer na hora com tiro na cabeça sem perdão.

          Mas uma pessoa, desarmada, sem oferecer resistência, ser abordada e morta pela “POLICIA” e depois alterar a cena do crime eu não considero “JUSTIÇA”. Principalmente quando existem muitos “POLICIAIS” corruptos e bandidos.

          Um policial matando uma pessoa desarmada e rendida ele já estará JULGANDO.

          Não estou aqui defendendo bandidos, mas tenho medo de que esse tipo de reação policial, e até mesmo reações da própria comunidade acabarem matando pessoas inocentes por acharem que podem JULGAR de forma mais justa do que os Juízes e tribunais.

          lembrar do caso abaixo:

          http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2014/05/mulher-morta-apos-boato-em-rede-social-e-enterrada-nao-vou-aguentar.html

          Repito: Se o suposto bandido ta armado oferecendo risco pra outras pessoas ou trocando tiro com a polícia, tem que meter uma bala na cabeça mesmo. Mas se a policia aborda uma pessoa desarmada, que não oferece resistência, tem que ser levado preso.

  2. Alvaro Reis

    Eu sei que não tem muito a ver com o post, mas:

    1 – Há hoje um sentimento de animosidade geral quanto a raça humana. É só notar a quantidade de postagens e blogs que depreciam o homem (espécie) nos colocando como agentes de destruição do planeta; quase como uma praga ou um vírus (parafraseando o agente Smith);

    2 – Há um consenso referente a superpopulação, inclusive já afirmam alguns que chegamos no limite de usufruto dos recursos naturais:

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2013/08/20/interna_ciencia_saude,383355/limite-de-uso-anual-dos-recursos-naturais-no-mundo-ja-foi-alcancado.shtml

    3 – A teoria da conspiração nos diz que a população mundial deve ser mantida em 500 milhões de habitantes (a já badalada pedra da Geórgia):

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Pedras_guia_da_Ge%C3%B3rgia

    4 – A teoria da conspiração nos diz que o projeto Haarp é capaz de proporcionar catástrofes naturais:

    http://www.tecmundo.com.br/tecnologia-militar/8018-haarp-o-projeto-militar-dos-eua-que-pode-ser-uma-arma-geofisica.htm

    E pra finazalizar:

    5 – Me soltam uma reportagem destas:

    “Tsunami gigantesco e devastador pode destruir parte da Terra, dizem especialistas”

    https://br.noticias.yahoo.com/blogs/super-incr%C3%ADvel/tsunami-gigantesco-e-devastador-pode-destruir-parte-da-terra–dizem-especialistas-150202717.html

    Assim… do nada… um grupo de cientistas começa a afirmar que um evento improvável pode se repetir… leiam o texto.

    • JESSÉ

      Com relação a população mundial eu concordo com os artigos de que o Planeta já se encontra no seu limite. Principalmente em relação a distribuição demográfica e da desigualdade de alocação dos recursos.

      Mas contrariando a “pedra da Geórgia”, o Planeta comportaria tranquilamente bem mais do que os 500 Mi Hab. sugeridos por ela. Eu acredito que o planeta se auto sustentaria tranquilamente com um limite de 4 Bi Hab. como era até a década de 70. Atualmente passamos dos 7 Bi Hab.

      Em relação ao Projeto HAARP e seus efeitos no Planeta é somente uma teoria conspiratória de quem não tem o que fazer.

      E o Tsunami devastador eu acho que é possível mas muito improvável, alguns pesquisadores afirmam que foi devido a um longo e intenso período de atividades vulcânicas no planeta como sendo a causa responsável pela extinção dos dinossauros, e não devido a queda de um mega meteoro. Acredito que uma nova atividade vulcânica como essa poderia acontecer novamente, mas é muito improvável que isto aconteça.

      E peço desculpas caso eu tenha lhe ofendido gramaticalmente. Fica com Deus.

      Agora vou trabalhar que meu horário de almoço acabou. 🙂

      • Alvaro Reis

        Moço Jessé, o comentário da gramática foi para Fábio e não para você (ele escreveu “encapas” ao invés de “incapaz” dentre outras coisas.)

        Só reiterando: Sou satanista do bem.

          • Denise

            Olha só, é difícil ver alguém como tu que reconhece o erro, normalmente as pessoas ficam bravas qdo alguém corrige, e essas pessoas vão errar sempre, em tds os sentidos, mas tu deu exemplo agora de humildade que não me contive, continue assim para contaminar outros que acham besteira escrever a nossa língua corretamente, eheh só quis dizer!

  3. Alan Souza

    Cara, ainda bem que não tenho WhatsApp. A quantidade de mentiras, correntes, hoax e baboseiras que vejo compartilhada é gigantesca, certamente supera (e muito!) os benefícios do aplicativo. E pra falar com os outros quando quiser ainda tenho a boa e velha mensagem de texto…

  4. Análise perfeita. Quando vi essa notícia pelo Facebook, também fiquei em dúvida, as pessoas gostam de acreditar em especulações e cada asneira li junto com o compartilhamento da notícia falsa! Meu deus … Obrigado e-farsas, compartilhando imediatamente esse belo artigo.

  5. warlon

    porque serar que quando um policial mata alguem, muitas pessoas se revolta e a rede globo faz questão de mostrar varias vezes,e quando um policial e morto ninguem se emporta e a rede globo quais nem mostra? sei que tem muitos policiais corrupto mas a maiorias são bons policiais,e precisa ter o apoio da comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite esse numeros *