Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Recorte de jornal antigo mostra que Bolsonaro foi assaltado?

Política

Recorte de jornal antigo mostra que Bolsonaro foi assaltado?

Será verdadeiro um recorte de jornal de 1995 mostrando que dois bandidos assaltaram o deputado federal Jair Bolsonaro, levando a sua moto e a sua arma?

A reprodução de um trecho de um jornal sem nome apareceu na web na segunda semana de junho de 2017 e rapidamente se espalhou através das redes sociais, indo parar no nosso grupo fechado no Facebook. Nele podemos ler que, em julho de 1995, o deputado federal Jair Bolsonaro teria sido assaltado por dois homens que acabaram levando sua moto e sua arma!

Em entrevista ao jornal, o deputado teria dito que “mesmo armado ele se sentiu indefeso”!

Será que esse recorte é real?

Será que isso é verdadeiro ou falso?

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

Verdade ou farsa?

A notícia foi veiculada no dia 5 de julho de 1995, no jornal A Tribuna da Imprensa (RJ) , como podemos comprovar no acervo digital da Biblioteca Digital do Brasil, na edição 13858, página 5.

A mesma notícia foi veiculada também no mesmo dia, no Jornal do Comércio:

Reprodução

Conclusão

O recorte de jornal com a notícia sobre o assalto sofrido pelo deputado federal Jair Bolsonaro, em 1995, é verdadeiro! Ele foi tirado do jornal A Tribuna da Imprensa!     

Continue lendo
45 Comentários

Comente

45 Comments

  1. O Gordo

    13 de junho de 2017 em 14:05

    É no mínimo irônico que o mais famoso dos políticos que apresentam como solução para o problema da violência crescente transformar o país de uma vez em faroeste, onde o gatilho mais rápido sobrevive, tenha ele mesmo sido feito de fornecedor involuntário de arma para vagabundo.

    • Rafael Solza

      18 de junho de 2017 em 20:49

      O faroente era um nirvana comparado com aqui,

    • Manoel Medeiros

      4 de agosto de 2018 em 2:51

      É pra isso quer precisa de treinamento, não basta saber usar, precisa também saber quando usar.

      Só um porra louca vai reagir quando se é rendido por traz de surpresa, e faltou colocar na reportagem que ele recuperou a arma e moto no outro dia na favela.

      • Feitosa

        24 de agosto de 2018 em 17:52

        A época isso era possível, mas o fato é que ele, foi lá e negociou com a malandragem, sabe como é né essa simbiose polícia e bandido, ali as milícias estavam ganhando terreno! A milícia negociava com a bandidagem, depois lhe sufocava, transformando os mesmos em seus escravos. Os milicianos estão com Bolsonaro!

      • Juca

        24 de agosto de 2018 em 22:51

        Exatamente! Tem que saber como e quando usar. Mas… primeiro, supõe-se que Bolsonaro tenha recebido farto treinamento para o uso da arma, quando esteve no exército. Segundo, a “solução mágica” do armamento da população faz crer que o bandido vá pedir licença para assaltar sua vítima. Se isso não acontecer, a liberação dos armamentos só servirá para municiar os bandidos, e o que o “mito” fez é exemplo claro disso. Só um raciocínio simplório e inconsequente consegue enxergar a violência diminuindo com o armamento da população.

      • Angelica Pereira De Almeida Mendes

        27 de agosto de 2018 em 10:23

        E como ele conseguil reaver seus bens na favela? Ata negociando com Bandidos…..PREGA UMA COISA QUE NEM ELE ACREDITA KKKKKKK NO MINIMO É IRÔNICO…

      • Mariana M Moreira

        19 de setembro de 2018 em 3:55

        foi ele quem recuperou a arma e a moto ou teve de deslocar dezenas de policiais que poderiam estar protegendo cidadãos desarmados pra recuperarem a arma que ele forneceu aos bandidos ?
        Se mesmo com preparo não teve como usar a arma e ainda forneceu armamento pra bandidos então qual o sentido de se usar arma?

    • Livia

      30 de agosto de 2018 em 16:29

      Faz-me rir esse povo com esses comentários.
      Não quer ter arma? Não tenha. Esta com medo de viver um faroeste? Se muda.
      A pessoa tem medo de viver um bang bang surreal, mas não tem medo de cruzar com um drogado na rua, armado até os dentes, e levar um tiro na testa de graça (real hoje). Vai entender!
      Brasileiro que vive o fantástico mundo de Narnia.
      Quando estamos em guerra, todos precisam se defender. Fica ai com pensando que a polícia vai conseguir te salvar na hora que os bandidos estiverem tomado conta de tudo. Hoje é só uma amostra do que eles podem fazer e o cidadão não acorda.

  2. Walldo

    13 de junho de 2017 em 15:59

    “me senti indefeso” kkkkk. Não é esse aí que diz que a solução para acabar com a criminalidade no país é armar “os cidadãos de bem”? Na verdade esse pilantra quer armar é seus militontos pra tomar o poder a força. Essa cambada de cães raivosos não pensaria duas vezes em puxar o gatilho pra quem discordasse deles.

  3. Paulo Silva

    13 de junho de 2017 em 16:07

    Recorte de um jornal sem nome?
    Será que alguém guardaria o recorte com notícia de um assalto e pra que?
    Já não basta os políticos fazerem os eleitores de bobos?
    Realmente é necessário e vocês acham que os leitores são bobas, assim como os políticos pensam?

  4. Lucho

    13 de junho de 2017 em 19:40

    Então é assim que o bolsomito vai acabar com todos os bandidos que estão aí?

    Depois dessa, senti total firmeza e certeza no bolsomijo. Quer dizer, bolsomito.

    • Manoel Medeiros

      4 de agosto de 2018 em 2:49

      É pra isso quer precisa de treinamento, não basta saber usar, precisa também saber quando usar.

      Só um porra louca vai reagir quando se é rendido por traz de surpresa, e faltou colocar na reportagem que ele recuperou a arma e moto no outro dia na favela.

      • Marcos Lima

        23 de setembro de 2018 em 19:55

        Ah, sim treinamento… tipo assim os de Auto-escolas…tá cheio de motorista bom de volante pelo país afora…ou melhor, de universitários que saem das nossas universidades com o diploma de sabedoria zero, que maioria das vezes quem faz curso técnico dá de 10×0 neles. Mas “perae”…não podemos contar os policiais que, quando não tão preparados assim como se espera que são, estão nas filas do INSS solicitando afastamento por depressão e outros transtornos psicológicos causados pela lida contra bandidos, às vzs até porque a trabalho matou pela primeira vez algum bandido e a consciência agora briga com ele próprio, basta pesquisar. Isso é Brasil!

  5. Combatente

    13 de junho de 2017 em 21:17

    Quem defende bandido é bandido também.
    Bolsanaro 2018.
    Tem que liberar o armamento pra quem tem abilidade e treinamento pra usar sim.
    Com uma arma na cabeça amigo até o rambo chora.

    • Domingos Tavares

      26 de junho de 2017 em 15:36

      Considerando que o Bolsonaro andou pescando em lugar proibido e foi autor de nepotismo, e que ambas as coisas são crimes, e que cometer crimes seja coisa de bandido, então defender o Bolsonaro faria de você bandido também?

      • Pedro Couto

        3 de agosto de 2017 em 22:23

        Há de se considerar, então, Domingos, que o senhor se embasa em fatos desmentidos pela polícia e investigações. Parabéns, você é mais um dos que desconhece a realidade e os fatos, mas teima em achar ser o dono da razão.

    • Sérgio

      2 de agosto de 2018 em 19:18

      Vc precisa de habilidade pra escrever antes de atirar. Habilidade é com H.

  6. Matheus Batista

    14 de junho de 2017 em 1:52

    Quando falam em porte de arma o povo já pensa que vai ter uma loja aberta pra qualquer um chegar e comprar….. mais não é bem assim. Logicamente haveria testes psicológicos para saber que o camarada não é doido, e obviamente seria dado um treinamento para aqueles que passarem em todos os testes! Povo não sabe assimilar nada.. por isso que não vamos para frente….

    • Hipólito Herrera

      14 de junho de 2017 em 21:48

      Mais testes e preparo que este imbecil do Bolsonaro tem, e pra seu governo o porte de arma é permitido, procure se informar antes de destilar bobagens na internet.

      • Lucho

        15 de junho de 2017 em 13:50

        Impossível. O idiota deve se informar apenas pela nojenta e asquerosa página do facebosta que ele curte.

    • Cesar da Silva

      15 de junho de 2017 em 0:12

      Assim como acontece pra obter a CNH, né? Onde qualquer barbeiro dá um conto de réis pro “chegado” da auto-escola ou do Detran e já sai habilitado, mesmo sem saber dirigir.

      • Tolerancia zero

        2 de outubro de 2017 em 16:12

        Bora proibir os carros também então, imbecil.

        • Matheus

          25 de maio de 2018 em 19:02

          Carro mata bem menos que arma, caro gênio. Além disso, seria muito bom se o preparo dos motoristas fosse melhor. Teríamos bem menos mortes no trânsito.

  7. Renato

    14 de junho de 2017 em 23:37

    Pois os assaltantes deviam ter MATADO esse roqueirine metalizado milico capetalista pesteiro!!! \\\///

  8. Renato

    14 de junho de 2017 em 23:41

    Pois os assaltantes deviam ter MATADO esse milico roqueirine capetalista pesteiro!!! \\\///

  9. Amaral

    16 de junho de 2017 em 11:07

    Ninguém prestou atenção no fato de que, com 40 anos, ele já era capitão da reserva. Quem com 40 anos está aposentado?
    E, somando a isso muitas outras coisas, não votaria nele. Se estamos retrocedendo, com ele voltaríamos à idade da pedra.

  10. marcelo

    16 de junho de 2017 em 14:20

    Ninguem escapa de ser assaltado, pior mesmo é ver gente que torce descaradamente para o bandido. Quando tiver uma arma apontada para a sua cara, a centimetros de distancia, vai continuar a defender o marginal?
    A maioria de pessoas que é contra o Bolsonaro, apoiou um imbecil chamado lula e uma retardada chamada dilma, que mal sequer sabe formular uma frase de improviso, acham que tem moral pra falar alguma coisa dele.

    • Gilmar Lopes

      16 de junho de 2017 em 14:28

      A questão é que o Bolsonaro defende o armamento da população para diminuir a violência! Como ele mesmo pôde ver na prática, o armamento da população não é o caminho!

    • Cesar Crash

      19 de junho de 2017 em 20:38

      “Quando tiver uma arma apontada para a sua cara, a centimetros de distancia, vai continuar a defender o marginal?” Já tive arma apontada pra mim incontáveis vezes. Todas as vezes o bandido estava fardado…

  11. eunice

    25 de junho de 2017 em 16:32

    Pq so dois jornalecos que ninguem leu deram a noticia?? E-FARSAS quer dizer Esquerda farsante?

    • Lucho

      28 de junho de 2017 em 19:26

      Desde quando A Tribuna e Jornal do Commercio são dois jornalecos que ninguém lê?

      Ah!! Já sei. É mais uma retardada que acha que Internet é só o facebosta.

    • Ulisses Almeida Nenê

      5 de abril de 2018 em 17:09

      Como não conhece esses dois jornais? Tá certo, bolsonaristas não sabem ler, são analfabetos de pai e mãe.

    • Mariana M Moreira

      19 de setembro de 2018 em 4:03

      mulher pra votar no bolsonaro tem q ser burra mesmo. Chamar o jornal do comércio de jornaleco é ignorância a metro.

  12. Rafael

    29 de junho de 2017 em 20:51

    Quem vocês acham que seria o presidente certo para o Brail?

    • Gilmar Lopes

      29 de junho de 2017 em 21:06

      Tiririca!

    • Lucho

      29 de junho de 2017 em 21:32

      Eduardo Jorge.

      Votei nele no primeiro turno.

      • Gilmar Lopes

        30 de junho de 2017 em 8:48

        Eu também!

  13. Pingback: Blog do Lucho

  14. Pingback: “Mais armas, menos pesquisas” — a profecia de Alexandre de Moraes está se cumprindo - CWN Report

  15. jblank

    14 de fevereiro de 2018 em 23:00

    Um bandido sabendo que estamos armados não só vai assaltar,já vai chegar atirando. A chance de ser morto armado e de 80% em relação ao que não está. Quantos policiais que tem preparo são mortos quando estão de folga e reagem, e porque que em muitos lugares públicos como shoppings seguranças não podem ter armas para no caso não comprometer a vida de alguém.Em bancos seguranças podem estar armados e preparados mas além de ser assaltados ainda levam as armas e se reagem sai tiroteio e acaba morrendo gente inocente. Isso não e pesquisa e só ligar a televisão e ver as notícias.
    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/06/1893332-7-em-cada-10-policiais-mortos-em-sp-estavam-fora-de-servico-aponta-estudo.shtml

  16. Robson

    10 de julho de 2018 em 22:06

    Como já dizia o mestre Bezerra da Silva: “Você com um revólver na mão é um bicho feroz, sem ele anda rebolando e até perdendo a voz”.

  17. Angelica Pereira De Almeida Mendes

    27 de agosto de 2018 em 10:27

    E como ele conseguil reaver seus bens na favela? Ata negociando com Bandidos…..PREGA UMA COISA QUE NEM ELE ACREDITA KKKKKKK NO MINIMO É IRÔNICO…

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Voltando a Circular

Publicidade

Topo