20.4 C
São Paulo
terça-feira, novembro 30, 2021

Homossexual é espancado e quase morre por apoiar Jair Bolsonaro! Será verdade?

- Publicidade -

É verdade que uma travesti foi agredida após declarar que apoia a candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência?

O vídeo surgiu nas redes sociais no final de setembro de 2018 e mostra um jovem homossexual com o nariz ensanguentado, tentando relatar o motivo de ter sido espancado.

Como a dicção da vítima está prejudicada pelos ferimentos, fica meio difícil de entender o que ela fala, mas de acordo com publicações feitas em alguns sites e blogs, ela teria dito que havia sido agredida quase até a morte por declarar o seu apoio a Jair Bolsonaro nas eleições de 2018.

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Homossexual e agredida após declarar seu apoio ao Jair Bolsonaro! Será verdade? (foto: reprodução/YouTube)

Verdade ou mentira?

Não vamos mostrar o vídeo aqui no E-farsas, mas você pode assisti-lo se quiser lá no YouTube!

A primeira coisa que chama a atenção nessa história é que ela está muito mal contada. Basta entrar no perfil da vítima no Facebook para se verificar que, a julgar pelas suas postagens, ela é totalmente contra a campanha de Jair Bolsonaro.

Quem levantou essa hipótese de que ela teria apanhado por declarar seu apoio ao Bolsonaro foi o site Conexão Política, que já apareceu aqui no E-farsas algumas vezes publicando fake news.

Além disso, de acordo com sites locais de notícias, a travesti identificada como Netinha Matias, moradora do município de Sigefredo Pacheco (PI), foi brutalmente espancada dentro de sua residência e, apesar de ter afirmado na hora que as agressões foram motivadas por desavenças políticas, disse à polícia que a briga foi motivada por um desentendimento amoroso com um dos agressores. A travesti também disse que era constantemente extorquida por um deles e que resolveu se rebelar.

Os dois acusados (um deles menor de idade) foram presos e responderão pelo crime cometido. Em depoimento, os criminosos disseram que agrediram a vítima por ela ter espalhado na cidade que eles eram gays!

Conclusão

- Publicidade -

O vídeo mostrando uma travesti machucada após ser agredida é verdadeiro, mas o motivo do crime não tem muito a ver com política!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

40 COMENTÁRIOS

  1. Tá estranho isso. Qual a prova que essa Netinha Matias é a mesma pessoa do vídeo? E que papo é esse de “fica meio difícil de entender o que ela fala”? Eu ouço claramente ela dizer que apanhou por ter declarado voto ao Bolsonaro. Sei não, essa postagem não em convenceu.

    • “Fale aí, o porquê que ele lhe bateu”, pergunta mulher que registrava o ocorrido.
      “Eu dizia para ele que NÃO votava no Bolsonaro”, respondeu a vítima, enquanto agonizava no chão.

      Ela apanhou exatamente por NÃO apoiar o Bozonazi… esses são os seguidores “tolerantes” do “mito”… vejam só que ironia.

      • OS que agridem travesti, gay e negro agora são os mesmo que já agrediam gays, negros e travestis antes das eleições.
        Que culpa alguém tem de esses votarem nele? ata, então se um assassino, estuprador, racista etc.. vota em alguém automaticamente este se torna isso e apoia? então o mesmo vale para haddad, marina, ciro né? mas e nas eleições anteriores, não tinha bolsonaro e esses votaram em quem?

        O problema não é em quem você vota, o problema é que existe gente intolerante dos 2 lados, yferreira tem muita coisa fake ai também, não to dizendo que todos os eleitores de bolsonaro são santos, porém vou te citar 2 exemplos:
        1: Teve um caso que “supostos” eleitores de bolsonaro tinham desenhado uma suástica na barriga de uma garota, porém se você for procurar o caso você vai ver que ela vai ser indiciada por mentir para a policia, ou seja, ela mesmo se cortou e mentiu.
        2: Estavam desenhando (pichando) suásticas na frente de uma igreja, conseguiram prender os indivíduos e eram os mesmo que estavam semanas antes pichando # ELE NÃO.
        ESSES SÃO APENAS 2 EXEMPLOS.

        Teve um caso do mestre de capoeira que foi esfaqueado e morto, isso de fato é vdd,foi por discussão, mas nesse caso o agressor era intolerante e não necessariamente é culpa de bolsonaro, pois o suspeito já tinha se envolvido com outros dois casos de discussões em 2009 e 2014, então ele já tinha esse histórico e digamos que 2009 e 2014 as pessoas nem sabia de bolsonaro existia, então a pessoa não se torna intolerante ou mal por causa do seu voto, o fato é que a pessoa já era antes.
        A mídia não é imparcial e so compartilha supostas violência quando tem haver com bolsonaro ou eleitor.

        • Irrelevante para o assunto do post. O boato claramente afirma que a trans foi espancada por apoiar o Bonoro, e conforme desmentido pelo E-farsas, não foi o que ocorreu.
          E de qualquer forma se temos um candidato a presidente que fomenta o ódio e a intolerância, os que já fazem isso hoje ou os que nunca fizeram mas se sentem propensos a fazer, vão se sentir no direito de fazê-lo, pois terão a conivência dos governantes. Então SIM, se o candidato profere um discurso fascista, os fascistas que o apoiam serão incentivados a externar o ódio que sentem por minorias e pelo diferente. Foi exatamente o que aconteceu na Alemanha entre os anos de 1933 e 1945 e é o que vai acontecer se este cretino for eleito presidente.

          Eu explico.

  2. Poste o link do perfil do Facebook dele pra gente averiguar e confirmar ou link destes sites locais de notícias. Não tem como tomar como verdade algo sem as devidas provas só por que alguém escreve e publica sem apontar o nome/link desses sites locais ou perfil do face para confirmar o q vc afirma.

    Até o momento acredito no q ela falou, até o momento que disponibilizem o q já solicitei acima!

      • Olha da a impressão que ele fala 4 meses aí vem a fala …. eu disse… Mas não tem como confirmar que sim nem que não sem falar com a vítima! E-farsas não teve uma confirmação total dos fatos e já falou… Não necessita dessa pressa toda, faz o seu trabalho bem feito como sempre e verifica afundo

    • NÃO votava. Você malandramente omitiu o NÃO da sentença. Mas o que esperar de um analfabeto funcional provável eleitor do #elenão, né? Tão burro e desonesto quanto o mito ladrão de cofres!

  3. Ouvi alguns relatos que ele apanhou por ser contrário ao Bolsonaro,não sei se é verdade ou não,mas não duvido pois não podemos falar nada contrário ao Bolsonaro que vem uma enxurrada de militantes nós ofender nas redes sociais.

    • O site linkado na matéria afirmou isso. E em nenhum momento foi citada a existência de um BO, existem vários casos onde a polícia é acionada e eles se recusam a registrar o atendimento.

  4. E-fasas pendendo pra Esquerda, que triste 🙁 A trevesti apanhou do ex-namorado e disse no vídeo que apanhou de apoiadores do Bolsonaro, tentando provocar comoção na cidade. Mas a polícia descobriu que o agressor é bandido e nada haver com um eleitor do PSL! Ou seja, ela aproveitou os hematomas para MENTIR! Aproveitou a triste agressão pra atacar o Bolsonaro. Mau caráter!

    • “Mas a polícia descobriu que o agressor é bandido e nada haver com um eleitor do PSL!”
      Bom, pela quantidade de relatos de agressões cometidas por eleitores do PSL contra minorias, parece que sim, bandidos e eleitores do PSL são a mesma coisa.

      • então prove que eu sou bandido, pois vou votar em Bolssonaro sim, não vem com essa conversa fiada de querer generalizar que quem vota no pt são todos honestos e quem vota em Bolsonaro são todos vândalos ou marginais, nasci no berço evangélico e sempre aprendi a respeitar as pessoas, graças a Deus sou uma pessoa querida por onde passo. porque trato todo mundo bem independente de ter ideias iguais ou diferentes da minha, não venha querer me acusar de vândalo ou de bandido pois garanto que eu não sou. agora se você tiver alguma prova falsa contra mim pode falar. Esse negocio dos ptistas querer generalizar já ta ficando meio chato já.

        • Parei no “Bolssonaro”. Se nem o nome do candidato consegue escrever corretamente, sabemos que se não é bandido, é analfabeto. E burro, porque vai votar nele.

  5. Deixa eu ver se entendi… A pessoa apanha e fala o motivo… Aí vem o E-farsas e diz, “na verdade o motivo não foi esse”… TA SERTU KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  6. Claramente você não entendeu. Deixa eu transcrever pra ver se agora você entende:
    “Fale aí, o porquê que ele lhe bateu”, pergunta mulher que registrava o ocorrido.
    “Eu dizia para ele que NÃO votava no Bolsonaro”, respondeu a vítima, enquanto agonizava no chão.
    Entendeu agora ou preciso desenhar??

      • Justamente, dizia…quando ele descobriu que votava em Bolsonaro, bateu nele(a).

        Vamos de novo, porque pelo visto além de idiota, você é analfabeto funcional:

        “Fale aí, o porquê que ele lhe bateu”, pergunta mulher que registrava o ocorrido.
        “Eu dizia para ele que NÃO votava no Bolsonaro”, respondeu a vítima, enquanto agonizava no chão.

        Simples!

        Burro.

  7. Para as crianças que estão brigando por politica, segundo essa noticia que segue abaixo a própria vitima disse que NÃO foi por motivos politicos e que o que ela disse no video foi sob efeito de medicamentos https://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2018/09/27/travesti-e-espancada-por-dois-homens-apos-discussao-no-interior-do-piaui.ghtml

    “Inicialmente, a vítima informou em vídeo que as agressões foram motivadas porque ela não votaria em um candidato a presidente que seria apoiado pelos suspeitos. Depois, Netinha informou em depoimento à polícia que no momento do vídeo estava sob efeito de medicação e que a afirmação era falsa.

    Ela contou que, na verdade, as agressões aconteceram porque ela e os dois envolvidos já tinham um relacionamento amoroso anteriormente e discutiram por outros motivos. Eles teriam pedido dinheiro a ela, que recusou entregar.” Segundo os delegados o crime foi passional.

    • Os historiadores têm um termo para descrever os alemães que se juntaram ao partido nazista não por odiarem os judeus, mas sim pela esperança da volta do patriotismo, ou por uma ansiedade econômica, ou para poderem preservar seus valores religiosos, ou pela antipatia por seus oponentes, ou mesmo por oportunismo político, conveniência, ignorância ou cobiça.

      O termo é nazista.

      Fica a dica.

      https://elenunca.net/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui