Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Menino é multado e teve mercadoria apreendida por estar trabalhando!

Crimes

Menino é multado e teve mercadoria apreendida por estar trabalhando!

Foto mostra um garoto chorando depois que suas mercadorias foram apreendidas por fiscais. Será que isso é real?

A imagem apareceu nas redes sociais no final da primeira quinzena de maio de 2014 e mostra um garoto chorando após suas mercadorias (salgadinhos e doces) terem sido apreendidas por fiscais. O crime que ele cometeu? Estava tentando trabalhar honestamente!

Será que essa história aconteceu mesmo?

Garoto teve suas mercadorias apreendidas por estar trabalhando! Verdade ou farsa? (foto: Reprodução/Facebook)

Garoto teve suas mercadorias apreendidas por estar trabalhando! Verdade ou farsa? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

A foto não mostra quando ou onde o fato teria ocorrido, mas uma busca no Google Images nos mostra que a cena teria sido flagrada no dia 05 de outubro de 2013, na Praia da Ponta Verde em Maceió!

De acordo com o site Urgência190, a Superintendência Municipal de Controle e Convívio Urbano (SMCCU) realizou uma intensa fiscalização entre os ambulantes e em estabelecimentos comerciais da orla.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

O site Urgência190 (uma das poucas fontes que encontramos) não está mais no ar, mas pelo cache do Google podemos ver a notícia na íntegra, além de outras fotografias da ação dos fiscais para inibir o comércio ambulante e, inclusive, do garoto tendo suas mercadorias sendo levadas.

menino_multado2

O plano de fiscalização realizado pela prefeitura de  Maceió foi avisado pelo site oficial do governo dias antes!

A SMCCU continua rígida na fiscalização, conforme aponta o site GazetaWeb. De acordo com reportagem veiculada no dia 27 de fevereiro de 2014, a prefeitura interditou 15 estabelecimentos irregulares na cidade no dia anterior.

Conclusão

A imagem é real! Fiscais da prefeitura de Maceió fizeram uma busca e apreensão de mercadorias de vendedores ambulantes irregulares na orla da cidade. O fato ocorreu no dia 05 de outubro de 2013!

Continue lendo
15 Comentários

15 Comments

  1. ezequiel

    14 de maio de 2014 em 8:05

    mas ficar , sem fazer nada e se drogando ,,,isso pode?? “brasil” o pais do contrario

  2. Pierrot

    14 de maio de 2014 em 10:54

    Mesmo sendo verdade o ocorrido, pra mim não parece que ele tá chorando não. Deve tá com o nariz escorrendo xD.
    Quando vi já achei que era boato falso justamente por que não julguei que ele parecesse desesperado pela apreensão.

  3. Marcos A.

    14 de maio de 2014 em 13:03

    É só ele mudar a mercadoria e começar a vender maconha que ninguém incomoda ele.

    • Fabio Romano

      18 de maio de 2014 em 11:57

      Isso mesmo….

  4. Leticia

    14 de maio de 2014 em 14:07

    Uma coisa que não consigo entender,pq crianças que trabalham como atriz ou cantor pode?? pq a justiça não proibe, nao seria trabalho infantil?

    • Rodrigo

      3 de junho de 2014 em 15:58

      Existe uma autorização especial como incentivo a artes.

  5. Fabio Romano

    18 de maio de 2014 em 11:56

    Se confiscar o salgadinho que o menino estava vendendo resolvesse todo o problema dessa porcaria de país que é o Brasil estava bom. Queria saber se essa galera que pede nota fiscal pra tudo também pede quando vai queimar uma erva, mesmo sabendo que é contra a lei.

  6. João Antônio

    18 de maio de 2014 em 22:21

    Galera que tá achando essa notícia um absurdo deveria saber que lugar de criança é na escola.

    Menor de idade tem que estudar, e não trabalhar.

  7. Rodrigo

    3 de junho de 2014 em 16:02

    Tem que fiscalizar e punir quem não está de acordo com a lei.

    Vocês veem alguém trabalhando para se sustentar, isto é verdade, mas não podemos deixar de dizer que quem não tira licença está prejudicando quem trabalha legalmente.

    Para ter uma concorrência leal e justa, tem que haver fiscalização. A solução para quem trabalha como vendedor ambulante é tirar licença, simples assim.

    Vocês devem começar a pensar acerca disto:
    – Eu pago meus impostos em dia e tenho a licença necessária para trabalhar, portanto tenho que repassar o preço disto aos meus clientes.
    – O meu concorrente não paga impostos e não tem licença, ele cobra muito mais barato do que eu pelo mesmo serviço.
    A conclusão, eu vou me ferrar por trabalhar dentro da lei! A solução: fiscalização.

    Se o governo fiscaliza, o povo reclama. Se o governo, não fiscaliza, o povo reclama.

    Brasil, um país de povo idiota.

  8. Gabriel

    10 de junho de 2014 em 8:29

    Sim, lugar de crianca é na escola, mas em um lugar como Alagoas, muitos acabam tendo que trabalhar. Nao existe o minimo incentivo a educacao, e considerando o “estado do estado”, é incrivel como ele ainda trabalha “honestamente”

  9. Ozeas

    28 de julho de 2014 em 13:58

    Tolos! Mal sabem que o maior inimigo seu é o prefeito e o governador que vc elegeu! QUEM VC ACHA QUE É O GESTOR DA VERBA DA EDUCAÇÃO? olha lá na frente da escola que está escrito assim>> Escola municipal, escola estadual <<<< percebeu? aprenda a votar, vc é o culpado por essa miséria toda! depois ficam tacando o pau na dilma..

  10. Mercia

    22 de abril de 2016 em 12:58

    Eu nao entendo como pode um menino desses que muito provavelmente esta ajudando na renda de casa, ser impedido de trabalhar. Qual a lógica nisso?? O Brasil precisa muito de uma mudança.

  11. Olga Lima

    21 de julho de 2016 em 11:54

    Engraçado e repugnante. Um menino com trabalho digno, é multado, traficante toma conta do desastre e nem é tocado.
    Pode ser a renda de uma família inteira que estão tirando o direito. Até quando Brasil?

  12. PETRONIO PLACIDO SANTOS ARAUJO

    16 de janeiro de 2017 em 22:17

    qual a diferenca do ato dele pra o uber?
    ja sei ele nao subornou ninguem

  13. Marcelo

    8 de agosto de 2017 em 12:02

    Já precisei vender doces de porta em porta para sobreviver e vou a única maneira naquela época de levantar algum dinheiro para comprar comida! Infelizmente a realidade brasileira é de opressão aos mais necessitados! vive o empreendedor !!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo